Planos de saúde coletivos com até 30 beneficiários : equilíbrio atuarial e o pool de risco definido pela RN 309/2012, da ANS

Imagen del registro
Registro MARC
Tag12Valor
LDR  00000cab a2200000 4500
001  MAP20200020974
003  MAP
005  20200623135844.0
008  200623e20200608bra|||p |0|||b|por d
040  ‎$a‎MAP‎$b‎spa‎$d‎MAP
084  ‎$a‎344.1
100  ‎$0‎MAPA20200014553‎$a‎Schulman, Gabriel
24510‎$a‎Planos de saúde coletivos com até 30 beneficiários‎$b‎: equilíbrio atuarial e o pool de risco definido pela RN 309/2012, da ANS‎$c‎Gabriel Schulman
520  ‎$a‎Em uma sociedade de riscos, o equilíbrio atuarial dos planos de saúde constitui um enorme desafio. Recentes modificações na sistemática de reajustes buscaram fazer frente à necessidade de um sistema sustentável e adequado à mutualidade. Nesse sentido, por meio da RN 441/2018, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estabeleceu o Índice Máximo de Reajuste Anual das Contraprestações Pecuniárias dos Planos Privados de Assistência à Saúde, Individuais ou Familiares (IRPI), composto por uma combinação do IPCA com o Índice de Valor das Despesas Assistenciais (IVDA), que, por sua vez, leva em conta três elementos: Variação das Despesas Assistenciais (VDA), a Variação da Receita por Faixa Etária (VFE) e o Fator de Ganhos de Eficiência (FGE).
650 4‎$0‎MAPA20080573867‎$a‎Seguro de salud
650 4‎$0‎MAPA20080618421‎$a‎Seguro colectivo de salud
650 4‎$0‎MAPA20080586294‎$a‎Mercado de seguros
650 4‎$0‎MAPA20080590567‎$a‎Empresas de seguros
651 1‎$0‎MAPA20080637699‎$a‎Brasil
7730 ‎$w‎MAP20077000901‎$t‎Cadernos de seguro‎$d‎Rio de Janeiro : Fundaçáo Escola Nacional de Seguros, 1997-‎$x‎0101-5818‎$g‎08/06/2020 Número 197 - junio 2020 , p. 43-46